top of page
Buscar
  • Foto do escritorHector Devia Robayo

Redefinindo a relação entre professores e alunos na educação digital


Desenho representativo da interação entre uma professora e seu aluno, mediada pela tecnologia.
A sinergia digital: Interação dinâmica entre professores e alunos na educação do século XXI

A relação entre professores e alunos tem evoluído ao longo da história, e no contexto da educação na sociedade do conhecimento, é necessário refletir e redefinir essa relação. Em primeiro lugar, os avanços da informática e das redes de comunicação estão gerando mudanças profundas nos esquemas de pensamento e ação das pessoas. Essa nova etapa na evolução da interação entre tecnologia e educação é caracterizada pela incapacidade do olho em acompanhar a escrita e pela presença de novas opções de informações acessíveis à audição e à visão não alfabética. Na sociedade do conhecimento, os alunos devem desenvolver habilidades como a seleção de plataformas, a disponibilidade de informações e a capacidade de processá-las de forma crítica.


Essas mudanças têm implicações significativas para o exercício docente. O papel do professor deve ser resignificado para liderar a formação dos alunos como "sujeitos digitais". Não se trata apenas de treinar os alunos no uso de dispositivos, mas de conscientizá-los sobre as habilidades metacognitivas necessárias para se desenvolverem na sociedade do conhecimento. O professor deve orientar os alunos na seleção e avaliação de informações, promovendo o pensamento crítico e a capacidade de discernir entre fontes confiáveis e não confiáveis. Além disso, a tarefa pedagógica deve incluir uma reflexão sobre os critérios de organização do "Currículo de Intervenção Digital", a fim de garantir a abordagem abrangente das habilidades necessárias para o século XXI.


No futuro imediato, vislumbram-se mobilizações ainda mais profundas no âmbito educacional. A inclusão das tecnologias sociais nos espaços educacionais modificará os padrões e esquemas mentais com os quais a informação é gerenciada. Isso exige uma reflexão profunda sobre a relação entre professor e aluno, assim como entre os próprios professores e alunos. A educação na sociedade do conhecimento deve promover a colaboração, a troca de ideias e a coconstrução do conhecimento, rompendo com a hierarquia tradicional e promovendo a igualdade de participação e a diversidade de perspectivas.


Além disso, é fundamental investigar em quais aspectos e com que profundidade as ferramentas digitais estão mudando o homem e a sociedade. A digitalização transformou a forma como nos comunicamos, trabalhamos, nos informamos e nos relacionamos. Essas mudanças têm implicações em áreas como privacidade, identidade, interação social e concepção de tempo e espaço. É necessário compreender e refletir sobre essas mudanças para aproveitar as oportunidades oferecidas pela educação digital e, ao mesmo tempo, enfrentar os desafios e riscos que podem surgir, como a divisão digital, a dependência tecnológica e a perda de habilidades analógicas essenciais.


Em conclusão, no contexto da educação na sociedade do conhecimento, é fundamental refletir e redefinir a relação entre professores e alunos. A informática e os


avanços nas redes de comunicação estão gerando mudanças profundas nos esquemas de pensamento e ação das pessoas. Isso requer que os professores liderem a formação dos alunos como "sujeitos digitais" e promovam habilidades metacognitivas e pensamento crítico. Além disso, a inclusão de tecnologias sociais e a transformação da relação professor-aluno exigem uma reflexão profunda sobre os paradigmas educacionais tradicionais. É fundamental investigar as mudanças que as ferramentas digitais estão produzindo no homem e na sociedade, e abordar de forma transdisciplinar o novo ambiente digital exigido pela educação no século XXI. Somente assim podemos enfrentar os desafios e riscos da massificação adaptada aos paradigmas do século XXI no contexto da educação digital e aproveitar plenamente as oportunidades oferecidas pela sociedade do conhecimento.


Referência

Aras, R. E. (2017). Los nuevos aprendizajes del sujeto digital. Cuadernos del Centro de Estudios en Diseño y Comunicación, 64, 107–121. http://www.scielo.org.ar/pdf/ccedce/n64/n64a08.pdf

4 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page